quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

         " A FELICIDADE  ESTÁ MAIS EM DAR DO QUE EM RECEBER"

     A Quaresma, tempo "forte" de oração,de jejum e de compromisso com todos os que passam necessidade,oferece a cada cristão a possibilidade de se preparar para a Páscoa através de um sério discernimento da própria voda,confrontando-se especialmente com  Palavra de Deus.
    Como guia da reflexão quaresmal,vou propor a frase dos Atos dos Apóstolos:"A felicidade está mais em dar do que em receber" (20,35)Não se trata de uma simples solicitação moral,nem de um imperativo externo ao homem.A inclinação ao dom está inscrito genuína e profundamente no coração humano: cada pessoa percebe o desejo de entrar em contato com os outros,e realiza-se plenamente a si própria. quando se dá livremente aos outros.
     Infelizmente,a nossa época está influenciada por uma mentalidade particularmente sensível ás sugestões do egoísmo,sempre pronto a despertar-se no espírito humano.No âmbito social,em particular nos mass-mídia,a pessoa é frequentemente solicitada por mensagens que insistentemente,de modo aberto ou dissimulado,exaltam a cultura do   efêmero e do hedoísmo. Mesmo não deixando de atender aos outros por ocasião de calamidades ambientais ou de guerras,de modo geral não é fácil promover  uma cultura da solidariedade.O espírito do mundo altera  a inclinação interior para o dom desinteressado de si mesmo aos outros,induzindo a  satisfazer interesses particulares.O desejo de acumular bens é sempre mais incentivado.É sem dúvida, natural e justo que cada qual,através do uso das próprias qualidades e o exercício do próprio trabalho,se esforce por obter aquilo de que necessita para viver,mas a exagerada ambição de possuir impede a criatura humana de abrir-se ao Criador e aos seus semelhantes .Como são válidas em todas as épocas as palavras de Paulo a Timóteo:'A raiz de todos os males é o amor  ao dinheiro,por causa do qual alguns se desviaram da fé e se enredaram em muitas aflições"(1Tim 6,10).
     "A felicidade está mais em dar do que em receber".
     Aderindo á solicitação interior de dar-se pessoalmente aos outros sem nada pretender,o fiel experimenta uma profunda satisfação interior.
     O esforço do cristão em promover a justiça,a sua ação humanitária de conseguir pão para quem falta e de curar os enfermos atendendo a todas as emergências e necessidades,extraem força daquele singular e inesgotável tesouro de amor que é a entrega total de Jesus ao Pai.O fiel é levado a seguir os passos de Cristo,verdadeiro Deus e verdadeiro Homem,entregando-se a nós com um amor total e desinteressado,até á morte na cruz.
    O Filho de Deus amou-nos primeiro,quando éramos " pecadores"(Rom.5,8)sem nada pretender,nem impor-nos a priori qualquer condição.Diante desta constatação,como não ver na Quaresma a ocasião propícia para  corajosas opções de altruísmo e generosidade? Ela  proporciona a arma prática e eficaz do jejum e da esmola para lutar contra o desmedido apego ao dinheiro.Privar-se não só do supérfluo,mas também de algo mais para distribuí-lo a quem passa necessidade,contribui para aquele desprendimento de si próprio sem o qual não há autêntica prática de vida cristã. Além disso,o batizado alimentando-se com uma contínua oração,demonstra a efetiva prioridade que Deus assume na sua  existência..
     Ao homem de hoje,muitas vezes insatisfeito com uma existência vazia e efêmera e á procura da alegria e do amor autênticos,Cristo propõe o próprio exemplo convidando a seguí-lo. A quem O ouve,Ele pede para  consumir a vida pelos irmãos.Desta dedicação,nascem a plena realização de si mesmo e a alegria como demonstra o exemplo eloquente daqueles  homens e mulheres que, renunciando á própria tranquilidade,não hesitaram em gastar a própria vida como missionários nas diversas partes do mundo.
     O serviço aos necessitados pode ser,para os "afastados",um caminho providencial para encontrar a Cristo,porque o Senhor se excede no prêmio por todo o dom feito ao próximo( cf .Mt. 25,40).
     Desejo vivamente que a Quaresma seja para os crentes um período propício para propagar e testemunhar o Evangelho da caridade em todo o lugar,pois a vocação á caridade constitui o âmago de toda a autêntica evangelização.Isto mesmo confio á intercessão de Maria,Mãe de Igreja.Seja Ela quem nos acompanhe no itinerário quaresmal,com tais sentimentos no coração.

4 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Vim fazer uma visitnha ao seu blog e te desejar uma santa quaresma.
    Ah...em tempo.....kkkk...te agradecer por me adicionar...obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Vim te convidar a participar do Amigo Secreto de Páscoa do Blog Catequese e Partilha.

    Um abraço.

    Ana Virgínia

    http://catequeseepartilha.blogspot.com/2012/02/amigo-secreto-de-pascoa.html

    ResponderExcluir
  3. Oi, passando de novo por aqui só pra fazer uma visitinha.
    Uma ótima 4ªfeira pra vc, bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...traigo
      sangre
      de
      la
      tarde
      herida
      en
      la
      mano
      y
      una
      vela
      de
      mi
      corazón
      para
      invitarte
      y
      darte
      este
      alma
      que
      viene
      para
      compartir
      contigo
      tu
      bello
      blog
      con
      un
      ramillete
      de
      oro
      y
      claveles
      dentro...


      desde mis
      HORAS ROTAS
      Y AULA DE PAZ


      COMPARTIENDO ILUSION
      GRACINHA

      CON saludos de la luna al
      reflejarse en el mar de la
      poesía...




      ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE TITANIC SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA, TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

      José
      Ramón...

      Excluir